50 Fatos sobre mim :)

image
Oi, sou a Poliane Victória

01. Gosto muito, muito de jujubas ^^’
02. O macarrão que eu faço parece miojo o.O
03. Me apaixono muito fácil (mas posso esquecer com a mesma facilidade)
04. Sou viciada em café com leite (quando estou triste e/ou ansiosa exagero no mesmo u_u)
05. Eu falo enquanto durmo (só quando tô cansadona ou vou dormir com a cabeça cheia de coisas >
06. Falo quando estou assistindo filme, novela, animê… Quando estou lendo… Tipo, como se os personagens fossem me ouvir e tals ¬¬’
07. Não gosto de ficar calçada por muito tempo, (literalmente de pés no chão) isso irrita minha mamãe :p
08. Minhas cores preferidas são: Laranja & Vermelho :$
09. Eu uso a leitura para fugir da realidade u_u (aceitável, vai?)
10. Prefiro dias frios ^^’
11. Não consigo guardar dinheiro ‘_’
12. Não consigo parar de roer unhas 😦 13. Tenho cara de patricinha (mas só a cara mesmo viu? Humpf)
14. Detesto me sentir só ( ._.) Mas vivo me isolando¬¬
15. Tenho vergonhas de comprar roupas íntimas sozinha kkkkkkkkkkkkkk ‘_’ #É_Tenso_vey
16. Na minha playlist tem Floribella e Sandy & Junior u_u
17. Gosto muito, muito de cantar ^^’
18. É mais fácil eu saber responder uma pergunta extremamente difícil do que uma extremamente óbvia ¬¬
19. Eu faço combinações estranhas com as roupas que eu acho no guarda-roupas  😮
20. Sou muito boa em acertar a idade das pessoas ^^’ é um dom rsrs
21. Sou boa em presentear e dar apelidos legais ;3 hahaha
22. Kkkkk’s minha timidez me faz andar muito estranho o.O
23. Não sei segurar nem trocar bebês!
24. Não acredito em horóscopos, mas todos os dias eu leio ‘_’ kkkkk’s
25. Eu curto piadas de pontinhos ‘_’
26. Sou muito fácil de se influenciar…
27. Eu levo o celular pro banho para tomar banho curtindo um som ^^’ heuheu
28. Sempre quis ser ruiva :\
29. Amo usar essa carinha (‘_’)
30. Eu escrevo fazendo muita força, tanta que marca a folha seguinte dos cadernos ‘_’
31. Gosto de fazer crochê ^^’
32. Algumas das minhas bandas favoritas são: Catedral, Rosa de Saron, Reação em cadeia, Seu Cuca, Scracho, Strike…
33. Prefiro mochilas à bolsas femininas Lol
34. Não sei andar de salto, mas gostaria de aprender, acho tão chique u_u
35. Tenho mania de morder os lábios até sangrarem o.O
36. Sou muito “família” e muito “caseira” rs
37. Gosto de fazer cinema em casa, tipo, locar um filme, reunir a galera em casa com pipoca, refri e chocolate…
38. Não gosto muito de vestir calças jeans u_u
39. Gosto de viagens curtas, pois sinto falta rápido do aconchego de casa 😦
40. Gosto muito de fazer listas :$
41. Tenho mania de escrever frases aleatórias em cadernos, livros, guardanapos… Papel higiênico kkkk
42. Não gosto/consigo olhar nos olhos das pessoas e isso incomoda muita gente u_u
43. Sou péssima em Matemática, mas admiro muuitooo a mesma u.u
44. Meu grande sonho é morar sozinha ou com amigos kkkk Lol
45. Sempre quis ser escoteira ‘_’ mas não rolou ‘_’ maaans admiro muito esse Movimento
46. Sou alérgica a várias coisas o.O
47. Meus cabelos estão sempre soltos.
48. Eu começo os cadernos nas folhas de trás tlgd? Tipo como mangás o.O é divertido kkkkk
49. Sou impaciente
50. Me dou muito bem com crianças :3

    Bejujubas, PolianÊ  ;3

Anúncios

Eclesiastes 3 é verdadeiro :)

image
Imagem: Pixabay

Então, estive pensando sobre a vida (novidade ¬¬’ ) daí me toquei de algo que é uma pura verdade mas que poucos de nós enxergamos; A vida é mais do que procurar a alma gêmea ou a metade da laranja (como preferir ¬¬’ )

Muitos de nós sofremos desilusões amorosas por pura carência mesmo, é a verdade! Falo por mim mesma que já coloquei expectativas em algo e em alguém que eu via que não teria futuro algum, mas, que por medo de estar sozinha insisti, e como não poderia ter sido diferente, o resultado foi dor! Eu sabia no fundo que não iria fluir, mas me deixei dominar pela carência e deu no que deu (ou melhor, deu em nada ¬¬)

Embora nunca tenha namorado, eu já tive alguns pretendentes, sendo assim aprendi algumas coisas sobre os garotos e sobre mim mesma: já conheci um rapaz legal porém extremamente grudento, outro apressado demais para conhecer meus pais e engatar um namoro, outro que parecia não querer nada serio, outro (o mais recente) que era de fases: um dia era uma flor de pessoa no outro era um grosso comigo. E até hoje não consegui engatar um namoro por não achar a pessoa certa, e esses outros só deixaram meus sentimentos mais bagunçados ainda (mas tudo bem, faz parte da vida provar alguns sapatos antes de escolher o que a gente quer levar para casa. Só que ninguém sai ileso, às vezes ficam marcas  nos pés depois de algumas provas. 😦

Bom, depois dessas repetitivas experiências dolorosas, depois de conselhos de quem via de fora, depois de uma auto-avaliação, eu entendi (finalmente \o/) que o que as Sagradas Escrituras falam em Eclesiastes 3 é verdadeiro: Tudo tem o seu tempo!

Cara, eu sei que Deus cuida de tudo e de todos 🙂 e Ele cuida de nossos relacionamentos também se deixarmos. E hoje eu entrego totalmente à Deus minha vida amorosa, tenho certeza de que quando for para acontecer vai acontecer, e vai ser lindo, pois Deus estará no centro. E hoje quero convidar você que tem sofrido nessa àrea da sua vida, que faça um pacto com Deus, nosso Criador e entregue também seus sentimentos, seus planos, suas carências aos cuidados dEle. Leia todo capítulo 3 de Eclesiastes e medite tá?

Espere, quando for a pessoa certa nós vamos saber 🙂 enquanto isso foquemos no trabalho, nos estudos, na igreja, em nós mesmos… Apenas vamos mudar o foco, a vida eh mais q procurar a “metade da laranja”

Bjus, polianÊ… Ficou grandão o texto neah? Rs

Você já quis fazer uma grande trip também?

image
Imagem: Pixabay

Tipo assim, tem dias que eu acordo numa vibe que só vendo pow, rs. Na maioria desses dias, a vontade que dá é de fazer uma viagem bem massa, tipo um mochilão ou algo parecido, viver aventuras, perrengues, conhecer lugares, cultura e costumes novos 🙂

Mas e a companhia? Bom, ir acompanhado imagino que fosse legal, mas não me incomodaria em ir sozinha, talvez até fosse melhor para aprender a tomar decisões, errar e lidar com o erro, com o perigo… Lidar com o novo!!!

Nossa, tô na maior vibe o.O

Ah, um dia ainda tiro esse sonho do papel e me jogo nesse,mundão!

Mas, e tu? Topas sair da zona de conforto para passar uns perrengues e aventuras comigo???

Besos :* PolianÊ 🙂

~Ao som de Forfun_O Viajante~

Apenas […]

image
Imagem: Pixabay

Aquela sensação de que ninguém se importa com você. Em como você se sente, sobre o que você pensa, o que tu vens passando ultimamente; esse tipo de coisa que às vezes você deseja dividir com alguém pois já guardou tanto que já nem cabe mais em ti!

E por falta de ter com quem falar de como foi seu dia, você acaba se acostumando a ser sozinha, a falar sozinha, conversar e às vezes até consegue rir sozinha contando coisas a si mesma que na realidade nem aconteceram, mas na sua mente é como se tivessem acontecido… Quem sabe um dia até aconteça.

E na tentativa de fulga dessa realidade repetitiva e solitária, eu me afogo em histórias fictícias. Bati meu record de leitura esse mês. É bom viver a vida dos personagens e é tão bom quando suas histórias chegam ao fim, pois, no final dos livros a felicidade é sempre certa…

              Apenas…

Um desabafo… Confuso né? Assim como minha mente… Triste né? Assim como eu, no momento…

Besitos, PolianÊ  u_u

Abandonando a superfície por você

image
Imagem: Pixabay

E eu que sempre fui na minha, não curtia essa de grude nem melação, hoje me encontro assim… Como é mesmo a palavra?

-Apaixonada!

Não sei ao certo quanto tempo nos conhecemos, se já faz um mês, dois ou três, o que eu posso dizer é que a cada dia eu me entrego mais a esse sentimento; como se eu resolvesse abandonar a superfície e mergulhasse cada vez mais num oceano antes desconhecido para mim. Tudo é novidade, tudo é sentimento, tudo é legal nas tuas àguas!

Se controlar vem sendo um desafio diário… Dá vontade de falar tanta coisa, dá vontade de fazer tanta coisa… Pegar a estrada só pra te encontrar é uma delas… Mas me controlo!

É uma nova estação na minha vida, vejo novas flores e um novo caminho a trilhar. E eu pretendo trilhar. Todos sabem, sou assim: Mergulho fundo, dou minha cara à tapa, pago pra ver.

"Anotaí": Nessa viagem vou sem bote, sem colete salva-vidas, vou mergulhar de cabeça. Não tenho medo de àgua gelada, nem de quão profundo é teu mar…

        Tô aqui pra isso!!!

Besitos, PolianÊ ^_^

Paixão de varanda e janela

imageImagem: Pixabay
Imagem: Pixabay

Toda noite tinha um compromisso com as estrelas dos céus, da varanda eu às via.

Numa dessas noites me distraí, e foi aí que tudo começou.

Desviei minha atenção das estrelas e vi a luz acesa que dava para a janela do teu quarto. Pensei: ainda estudando? (pois é, era época do cursinho para o vestibular, lembras? Estudavas dia e noite). Então você fechou os livros por um momento, e da sua janela, começou a também observar as estrelas. E eu sorri por isso, e você sorriu para mim. Acenou, desejou “boa noite”, e isso já foi o suficiente para me fazer dormir bem.

E dormi. Sonhei contigo a noite inteira, e na noite seguinte descobri uma coisa legal: assim como eu, tu também tinhas um compromisso com as estrelas…

Então, da minha varanda te esperava aparecer na tua janela para juntos observarmos as nossas estrelas, testemunhas dessa paixão de varanda e janela.


🙂 Primeiro textinho que escrevi… Faz tanto tempo que guardo ele comigo, rs. Finalmente criei coragem para compartilhá-lo aqui!
É um texto bobo, eu sei… Igual a dona. 🙂

Besitos, PolianÊ

Uma breve apresentação

image
Meu nome é PolianÊ, não PolianA

Não sou muito boa com apresentações, mas tenho que começar o blog de alguma forma, então vamos lá! 🙂

Sobre mim:

Meu nome é Poliane Victória

Tenho 18 anos;

Moro em Pernambuco, mais específicamente na praia de Maracaípe;

Criei o blog para compartilhar coisas da minha vida…

Sobre o blog:

Nos tempos de escola – na 8 série, por aí – alguns professores e colegas de classe confundiam meu nome trocando o “ne” por “na”, e caramba, eu detestava quando isso acontecia, pois além de ser quase invisível na school, quando finalmente me notavam falavam meu nome de forma errada.

um certo dia enquanto apresentava um trabalho, ao ouvir meu nome errado, eu dei um berro para a classe: “É POLIANÊEEE, NÂO POLIANAAA”, daí todo mundo riu e foi mais fácil evitar que essa situação se repetisse, pois onde eu chegava já não me apresentava como Poliane, mas como PolianÊ (dando ênfase nesse “e”). Mas, acredite, ainda hoje tem gente que me chama de PolianA.

Como o blog é bem pessoal, escolhi este nome. O que para mim faz todo o sentido!

Data de criação: 11/07/14

O Blog será um tipo de “Diário”, mas pode aguardar quem vem muita música, textos, artes e muito mais…

Besitos, PolianÊ